Perante as dificuldades do dia-a-dia, tendemos muitas vezes a sentir-nos sozinhos, isolados, ignorando os recursos e alianças que temos muitas vezes ao dispor. No entanto, quando nos rodeamos de mentores, modelos ou quando trabalhamos com um coach, estes são um recurso precioso e disponível para despertar a sua motivação interna e prover-nos com estratégias e dicas para o sucesso.

Basta olharmos à volta para ter a noção que muitos de nós enfrenta desafios diários nas nossas vidas. O problema é que a maioria funciona com base nas necessidades de subsistência diária (a chamada roda do rato), esquecendo de escutar a sua motivação interna. 

A vida parece dura, e de facto pode sê-lo, especialmente se nos deixarmos perder nas armadilhas da rotina e das responsabilidades (a chamada roda do rato). Ao esquecer-mos o nosso drive interior começamos a regular as nossa ação – trabalho, relações, família, etc – baseada não nas nossas aspirações verdadeiras mas em busca de validação de terceiros.

Perdemo-nos e passamos a experienciar a vida como um terreno de batalha. Hoje em dia essa experiência pode ter muitos nomes: burnout, ansiedade, depressão, isolamento.

O Melhor Aliado – A Importância da Mentoria 


Apesar das feridas internas, podemos sempre encontrar aliados para reclamar de novo a nossa motivação interna. Um Mentor ou Coach devidamente capacitado poderá representar uma “faísca” para despertar o seu vencedor interior.

No entanto, muitos de nós encontram-se de tal forma assoberbados por emoções e espirito de competição e combate, que optam por recusar a abordagem de Coaches ou Capacitadores. A realidade é que muitos de nós percepcionam estes serviços como “fúteis” ou “demonstrações de ego”.

Mas não é disso que se trata.

Sermos nós próprios num mundo de expectativas crescentes, onde somos literalmente criados e educados para sermos o que outros pretendem, poderá ser realmente asustador dar um primeiro passo fora dessa bolha.

Ninguém quer atrever-se a escapar às percepções convencionais da sociedade sem algum tipo de “rede de segurança”. 

Por isso todos necessitamos de referências. 

Pessoas que já passaram por experiências semelhantes, expandiram a sua zona de conforto e desconstruir limitações e crenças mentais, não apenas para que partilhem connosco a sua visão mas também para nos orientar num percursos para que consigamos também nós evoluir 

Esqueça a Competição

Não encare possíveis aliados como competição.

Um Mentor não partilha as suas conquistas para lhe dizer “Olha para mim e agora faz o mesmo”. Ele partilha as suas experiências para lhe demonstrar a possibilidade de qualquer ser humano de evoluir e conquistar os seus sonhos.

Encarar este trabalho como exposição e propaganda pessoal é uma depreciação que se opõe ao seu verdadeiro valor, que assenta na partilha para ajudá-lo no seu próprio percurso rumo à sua realização pessoal. 

Ao invés disso, é por isso que você deverá crer enturmar-se com alguém que já tem resultados e o sucesso que você persegue. Não apenas para beneficiar da sua experiências mas também para ganhar acesso aos recursos que já demonstraram ser eficazes. 

Aliados fortes suportam o sucesso da sua missão!

 Auto-Reclamação: Conquiste a sua Vida

A auto exploração é o começo da auto-reclamação e a fundação de como você quer conquistar a sua vida. Porque para a conquistarmos, nós temos de nos tornar transparentes.

Temos de desenterrar o nosso verdadeiro eu, por baixo das camadas da camuflagem que fomos criando e expressar compaixão pelo que encontramos.

Sim, é mais fácil fizer que fazer.

Nós somos peritos em esconder, de tal forma que podemos inclusive nem saber o que procurar e debatemo-nos sequer com como começar.

Ou talvez, ter receio de encontrar algo sobre nós próprios que não iremos gostar, porque ainda não entendemos como ter compaixão por isso.

A criação de consciência e auto-exploração pode ser algo bastante complexo e delicado.

Nós queremos fazê-lo corretamente e estarmos certos. Mas como garantir isso?

Um mentor pode ser essencial neste processo. Nem que seja apenas para termos alguém que segura-nos o espelho para que possamos reconhecer isto.

O Click – Quando Algo Acontece

A magia do processo surge quando você refreia a crença que deve ser e só pode ser, apenas uma coisa todo o tempo. 

Todos nós temos vulnerabilidades, somos afetados por contextos e emoções, temos dias bons e menos bons. Aceitar essa vulnerabilidade, mais, senti-la com compaixão, pode ser o início do seu processo de transformação pessoal. 

Atualmente existe muito a crença que para nos sentirmos preenchidos temos de ser sempre e estar sempre impecáveis – quando na realidade isso sequer è possível para um ser humano.

Encare a Realidade – Você vai ser Sempre Alvo de Crítica


Outro aspeto importante de começar a tornar-se claro no seu processo de conquista pessoal é entender que você irá sempre enfrentar crítica.

Não interessa se você se auto-deprecia ou se coloca como a fantástica criação que é. Você pode ser a pessoa mais preocupada do mundo e ainda assim alguém irá questionar e condenar as suas intenções.

Para conquistar a sua própria vida e manter a chama a motivação interna acessa você tem de ter a consciência (mais uma vez) que não pode controlar o que os outros pensam de si e aprender que não há problema algum em ser quem é e manter as suas escolhas. 

Um bom exemplo desta dinâmica é a parentalidade.

Como pai/mãe, independentemente do quanto você ama e se preocupa com os seus filhos, sempre que os tentar proteger será percecionado como uma limitação.

O bebé que é afastado da tomada elétrica encara-o a si como um opressor.

Você afasta dos seus filhos coisas que os podem magorar e isso torna-o um Monstro

E na verdade esta realiadade aplica-se literalmente a todas as relações e conexões sociais

Você nunca se encaixará totalmente

Apoie-se a Si Próprio – Seja o seu Fã


O mundo não irá apoiá-lo sempre ao longo do caminho, mas isso não é um problema.

Porque você poderá sempre ser o seu fã.

Visto que você é, na realidade, o único que realmente sabe quais as suas intenções e o valor da sua missão. Perante isto, o único caminho para a felicidade e auto-realização é mudar o foco para dentro e não permitir que fatores externos tenham impacto nas suas decisões. 

Porque cada opinião externa à qual se tentar encaixar não é mais que uma parede para você esbarrar. Além disso, uma vez que pare de confiar nas opiniões alheias e siga a sua missão, muitos irão considerar isso presunçoso. Contudo, tenha a noção que isso não é mais que outra tentativa para implantar as opiniões dessas pessoas na sua perceção. 

Isto não significa que toda a gente seja malévola, sequer que o faça intencionalmente. A maioria simplesmente não tem a mínima consciência do que estão a fazer, e mesmo encarar as suas declarações como tendo a melhor das intenções.

Construa Diversidade!

Viva a sua vida! 

E relembre-se, capacite a  sua motivação interna, aproximando-se de pessoas positivas, que têm o mindset e resultados que pretende e envolvendo-se com pessoas que querem construir como você.

Categories: Produtividade

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *